outubro 4, 2018

Qual a diferença de abordagem consultiva de TerraUm para TerraDois ?

Vamos conversar sério sobre transformação digital ?
Não é profundo porque é simples.
Ao mesmo tempo, as implicações no indivíduo são complexas e geram mais paralisia, miopia e soluções que “só fazem espuma”.
Existe muito conhecimento bacana, boas intenções e abordagens que tem muito potencial de produzir transformações.

Porém, muitas delas simplesmente não funcionam ou tem um impacto temporário e muito pouco “transformador” como as pessoas que vendem acreditam.
Tanto as soluções tecnológicas como as culturais.

Afinal, o que diferencia as que funcionam das que não. ?

Naturalmente existem diversos fatores. Um dos primeiros a olhar é um desalinhamento e gargalo no nível de consciência de todos os participantes.
Isso muda TODO entendimento do que está sendo proposto, construído e executado.

Acredito na boa fé das pessoas. O vendedor da consultoria (já estive diversas vezes nesse papel), na maioria das vezes, acredita nas propostas que está fazendo, mas, muitas vezes esquece de aplicar a visão sistêmica para prever e corrigir as distorções que certamente ocorrerão pelo caminho.

A consultoria vende A, a gestão compra B, promete C para o board e acaba entregando uma experiência D para o time.

Como dizia, na maioria das vezes em que não funciona, o projeto é desenvolvido e entregue. Os participantes tendem a querer validar suas escolhas, cada um a sua maneira, de A até C procuram justificar que fizeram a escolha certa.
Muitas vezes D, que é o único que sabe de fato como as coisas são, não encontra espaço ou contexto para se posicionar de maneira assertiva sobre a experiência e todos seguem a vida felizes. Achando que estão update porque se conectaram em termos da moda.

Em alguns casos, quando a discrepância entre A e D atinge níveis estratosféricos, encontra-se um culpado, engaveta-se o trabalho e estigmatiza-se a iniciativa.

Ocorre que, para construir uma proposta A que produza uma experiência A na ponta, é preciso desconstruir a metodologia tradicional de trabalho das consultorias. Eles deviam dizer: Não, eu não tenho um método para aplicar ao seu negócio.

O seu negócio tem uma cultura X que produz um resultado Y.
Vamos juntos, com confiança e serenidade, minimizando as afetações e ruídos corporativos buscar um diagnóstico assertivo para construirmos uma plano de testes para definir como alcançaremos os objetivos desejados.

Aí sim, sem uma dinâmica da consultoria como especialista no “método” e sem as “afetações comerciais”, a saber: a construção de uma proposta de trabalho com definição precisa de alocação de recursos, sobre-valorização do trabalho a ser executado e estimativa de ROI.

Em TerraDois, e na sua organização, não existe mais padrão. Porque deveríamos supor que uma sopa de letrinhas “encaixadas”, vão realmente trazer a solução específica que as pessoas do seu negócio precisam ?

News
About admin

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Text Widget
Aliquam erat volutpat. Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Integer sit amet lacinia turpis. Nunc euismod lacus sit amet purus euismod placerat? Integer gravida imperdiet tincidunt. Vivamus convallis dolor ultricies tellus consequat, in tempor tortor facilisis! Etiam et enim magna.
X
X